Serviços

BENEFÍCIOS NA ESCOLHA PELO AÇO INOX

 Alta resistência à corrosão;
 Resistência mecânica adequada;
 Facilidade de limpeza/Baixa rugosidade superficial;
 Aparência higiênica;
 Material inerte;
 Facilidade de Conformação;
 Facilidade de união;
 Resistência a altas temperaturas;
 Resistência a temperaturas criogênicas ( abaixo de 0°C );
 Resistência às variações bruscas de temperatura;
 Acabamentos superficiais e formas variadas;
 Forte apelo visual (modernidade, leveza e prestigio);
 Relação custo/benefício favorável;
 Baixo custo de manutenção;
 Material reciclável;
 De boa fabricação.

 

Aço que não “ganha” ferrugem. Esta é uma das formas pelas quais o aço inoxidável, ou inox,  é conhecido. Aliás, essa é uma de suas principais características. Por conta disso, esse material é muito usado para locais ou acessórios como terraço, balcão, varanda, corrimão,  guarda-corpos, aparelhos e utensílios domésticos. O inox é um tipo de aço fundido por métodos especiais, tendo um alto grau de pureza e reação uniforme aos tratamentos térmicos previstos.
Nesse sentido, o inox é um ótimo material para quaisquer locais ou aparelhos, pois é originado da fusão de ferro e cromo, sendo assim tem grande resistência à corrosão, ao impacto, e à abrasão, bem como tem grande durabilidade, é 100% reciclável. Quando usado para proteção e segurança, como nos casos de corrimão e guarda-corpos, o inox possui custos de manutenção baixos.
Destaca-se ainda como um dos principais benefícios do inox a resistência à corrosão, ou seja, não apresentará ferrugem com a ação do tempo e de condições climáticas. Dessa maneira, garante melhor proteção, segurança e higiene em espaços importantes para acesso como escada, mezaninos, balcão.
Os diferentes tipos de aços inoxidáveis são classificados de acordo com a sua composição, ou melhor, de acordo com a quantidade cromo e/ou ferro em sua liga. Dessa maneira, podem ser: ferríticos, martensíticos, austentítico e ferríticos-austentíticos ou conhecidos como aços duplex.

 

VIDRO LAMINADO 

É composto por um ou mais vidros intercalados por uma película plástica de polivinil butiral (PVB) ou resina líquida. Isso faz com que, em caso de acidentes, o vão (entre os vidros) fique intacto mesmo com os vidros trincados, pois ficam colados ao material. Para maior explicação, quando quebrado produz efeito “teia de aranha”. Muito utilizado em esculturas de vidro, janelas, vitrines, corrimãos e vidros de veículos. É um vidro de segurança e, tem um melhor isolamento acústico e bloqueio de raios ultravioletas.
Segurança. Esta é a “palavra-chave” ou uma das melhores características do vidro laminado. Afinal, ele é um tipo especial de vidro de segurança, sendo capaz de manter em conjunto os estilhaços desse material quando quebrado. Possui essa funcionalidade por causa de ter em sua composição duas ou mais placas de vidro, unidas por uma ou mais camadas intermediárias de polivinil butiral (PVB) ou resina.
O Polivinil butiral, um dos principais componentes do vidro laminado, pode ser entendido como uma película plástica e elástica aplicada entre as chapas de vidro. Dessa maneira, quando o vidro é quebrado, essa camada intermediária prende os estilhaços, como resultado o impacto não rompe o material totalmente. O estilhaço ficará, quase, como uma “teia de aranha”. Por ter essa característica, o vidro laminado pode ser usado como forma de proteção em pára-brisas de carros, em janelas e vitrines, ou ainda em guarda-corpos e corrimãos.
Por conta do PVB, o vidro laminado possui também um bom isolamento acústico, bem como bloqueia 99% dos raios UV transmitidos. É possível encontrar os vidros laminados em várias cores, pois podem variar de acordo com a cor dos vidros, o número de películas de PVB e as cores dessas películas ou resinas.

 

 

 

 

 

 

ALUMÍNIO

O alumínio é um metal leve, macio e resistente. Possui um aspecto cinza prateados e fosco e é não magnético. Tem raízes na Roma antiga, quando se empregava a pedra-ume como mordente em tinturarias, que se tratava de um sal duplo de alumínio e potássio. O Isolamento inaugural do alumínio é atribuido a Friedrich Wöhler, o que teria ocorrido em 1827. Suas aplicações industriais são relativamente recentes e um dos fatores que estimulam o seu uso é a estabilidade do seu preço, provocada principalmente pela sua reciclagem. Sendo assim, o corrimão em alumínio proporciona uma combinação perfeita custo x benefício, além da beleza para o seu negócio. Geralmente é utilizado para exteriores, como estradas de salões, escada exterior, dentre outros. Uma grande vantagem é que ele pode ser pintado.

 

Segurança, beleza e sofisticação para ambientes internos ou externos. Estas são algumas características que do alumínio, quando usado em estruturas como corrimão e guarda-corpos. Porém, mesmo sendo muito usado nos projetos arquitetônicos, esse material possui várias outras aplicações em diversos segmentos. Apesar de ser muito utilizado no setor da construção civil, o alumínio também é usado nas soluções de engenharia aeronáutica, pois possui leveza, condutividade elétrica, resistência à corrosão e baixo ponto de fusão.
Esse material também pode ser aplicado nas estruturas de aviões, barcos, automóveis, bicicletas, tanques, blindagens e outros. Outras aplicações do alumínio são:
 No setor de embalagens: Papel-alumínio, latas, embalagens Tetra Pak e outras;
 No setor de utensílios domésticos: Utensílios de cozinha, ferramentas e outros;
 Transmissão elétrica: pode ser utilizado em redes de transmissão elétricas, pois tem menor custo e densidade que o cobre, permitindo maior distância entre as torres de transmissão;
 No setor de construção civil: Janelas, portas, divisórias, grades e outros;
Na construção civil, este material representa beleza, durabilidade, modernidade e inteligência construtiva. Por isso, é matéria-prima de várias peças e estruturas que compõem um imóvel, como, por exemplo:
 Painéis de revestimento.
 Fachadas envidraçadas.
 Estruturas de alumínio para coberturas, para fechamentos laterais, divisórias, forros, box, utensílios para a construção.
 Formas de alumínio para paredes de concreto, andaimes, escoras telhas.
 Guarda-corpos e corrimão.